English

Congresso Value Investing Brasil 2009

(4 DE JUNHO DE 2009)

EXCERTOS DAS APRESENTAÇÕES
 
Chris Leithner
Michael van Biema
 
“Valuation e a Escola Austríaca”
“O mercado e os possíveis cenários”
 
 

Palestrantes:

Carlos Simas — Dynamo Administração de Recursos (Rio de Janeiro)
“Aprendendo com acertos e erros dos gestores” (painel)
Sócio da Dynamo Administração de Recursos — uma das mais tradicionais gestoras de recursos em ações do Brasil (com patrimônio de cerca de R$ 1,8 bilhão sob administração), que adota como filosofia de investimento uma análise exclusivamente fundamentalista. Carlos Simas é economista graduado pela PUC-RJ e foi sócio do Banco Icatu.


Chris Leithner — Leithner & Co. (Austrália)
“Como pensar sobre o valor e a valuation de commodities
Sediada em Brisbane, na Austrália, a Leithner & Co. é uma gestora de investimentos que une a abordagem de análise financeira de Benjamin Graham com insights da Escola Austríaca de Economia. Até o fim de 2008, cada dólar investido com a empresa em sua fundação, em 1999, teve retorno anual composto de 12,6%. Seu co-diretor, Chris Leithner, é formado (com as distinções de First Class Honours e University Scholar) pela McGill University (Quebec, Canadá), mestrado pela Queen’s University (Ontário, Canadá) e por The Australian National University (Canberra) e Ph.D. pela University of Strathclyde (Glasgow, Escócia). Tem 17 anos de experiência nos campos de análise de investimentos e valuation. Autor de “The Intelligent Australian Investor”, veio ao Brasil pela primeira vez, exclusivamente para participar do Congresso Value Investing Brasil.


Fabio Carvalho — Orbe Investimentos (São Paulo)
“Avaliação de gestão e administradores”
Sócio-fundador da Orbe Investimentos, é responsável pela área de análise de investimentos e gestão de fundos. Anteriormente, trabalhou na FAMA Investimentos. Tem 14 anos de experiência no mercado financeiro, com foco em gestão de investimentos de renda variável. É responsável pela gestão, entre outros, do Value Orbe FIA, que no fim de 2008 tinha o melhor retorno (3 anos) entre os fundos brasileiros long-only qualificados com cinco estrelas pela agência Standard & Poor’s. Formado em Administração pela universidade Mackenzie, possui MBA em gestão financeira e atuarial pela FEA-USP. É membro da Apimec e do IBGC (Instituto Brasileiro de Governança Corporativa).


Luiz Codorniz — consultor (São Paulo)
“Aprendendo com acertos e erros dos gestores” (painel)
Consultor de investimentos, possui ampla experiência em underwriting, renda variável, análise de investimentos sell-side e buy-side e gestão de recursos, tendo trabalhado no Bank Boston, Santander, Lloyds Asset Management e Banco Itaú. Mais recentemente, foi consultor de um hedge fund global. Formado em Administração e Contabilidade pela UFRGS, pós-graduado em Contabilidade pela FEA-USP e mestrado em Finanças pela EAESP-FGV, em 2002 participou do programa Applied Value Investing da Columbia University. Desde 2002, é membro do Value Investors Club. É colunista do jornal Valor Econômico.


Mario Fleck — Rio Bravo (São Paulo)
“Aprendendo com acertos e erros dos gestores” (painel)
Mario Fleck é presidente da Rio Bravo, gestora de recursos independente, especializada no mercado brasileiro. Por quatro anos, foi diretor de renda variável e ajudou a criar o Rio Bravo Fundamental FIA, fundo de valor e ativismo do qual continua sendo o gestor. Antes disso, trabalhou 28 anos na Accenture, sendo 14 como o presidente da empresa no Brasil. Formou-se em Engenharia Mecânica e Industrial pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. É membro do conselho de administração da Cremer e da Eternit, foi conselheiro da Unipar e da Ferbasa e é conselheiro de três empresas não listadas em bolsa: Disec, Direct Talk e Tecnologica. É vice-presidente da Federação Israelita de São Paulo e da Câmara de Comércio Brasil-Israel.


Michael van Biema — van Biema Value Partners (Nova York)
“Os investimentos mais seguros em uma recuperação ‘explosiva’ ”
Fundador do van Biema Value Partners, um fundo de fundos que investe em gestoras, de diversos continentes, que seguem os princípios do value investing. De 1992 a 2004, foi professor de Administração da Columbia University, onde lecionou os cursos Finanças Corporativas, Mercado de Capitais, Análise de Valores Mobiliários, Value Investing e Finanças de Empreendimentos para os alunos de MBA e MBA Executivo. Formado em Engenharia Elétrica pela Princeton University, é Ph.D. pela Columbia University. Já foi consultor para CitiGroup, Gabelli Asset Management, Goldman Sachs, Salomon Brothers, Vontobel Asset Management e diversas firmas de gestão de recursos. É co-autor do livro “Value Investing from Graham to Buffett and Beyond” e lecionou value investing em outros países. Veio ao Brasil pela segunda vez, novamente para participar do Congresso Value Investing Brasil.


Pedro Luiz Cerize — Skopos (São Paulo)
“Prática do Value Investing no Brasil”
Sócio-fundador e responsável pela alocação de capital da Skopos, gestora de fundos de investimento com foco em renda variável. Anteriormente, Pedro Cerize trabalhou na Socopa, no Banco Fator e no Banco BBA Creditanstalt, onde foi responsável pela mesa proprietária de equities. É formado com honras em Administração de Empresas pela Fundação Getulio Vargas e possui MBA em Finanças pelo Ibmec. Atualmente, é membro dos conselhos de administração da COSAN, Porto Seguro, Fosfertil e Indústrias Romi.

Fale Conosco | © Value Investing Brasil C. T. Ltda.

Todo o material e conteúdo divulgados neste website e nos eventos realizados pela Value Investing Brasil C. T. Ltda. têm natureza meramente informativa (com objetivo de educar a comunidade brasileira de investidores com foco em valor), não deve ser considerado oferta de venda de qualquer valor mobiliário, fundo de investimento, título e/ou ativo (não constituindo o documento previsto na Instrução CVM 409 e alterações seguintes nem o prospecto previsto no Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas para os fundos de investimento) e não caracteriza qualquer atividade de consultoria de valores mobiliários por parte da Value Investing Brasil C. T. Ltda., de seus executivos e/ou de outros profissionais que tenham seu trabalho reproduzido ou que sejam citados. A Value Investing Brasil C. T. Ltda. não se responsabiliza por informações incorretas que sejam reproduzidas. Decisões de investimento tomadas com base nas informações contidas no material e conteúdo aqui descritos são de responsabilidade exclusiva do investidor. A Value Investing Brasil C. T. Ltda. não comercializa nem distribui quotas de fundos de investimento ou qualquer outro ativo financeiro. Ações e fundos (e outros valores mobiliários como derivativos etc. e outros ativos como commodities etc.) são investimentos de altíssimo risco, podem resultar em significativas perdas patrimoniais para seus investidores e seu desempenho passado não garante resultados futuros.